Quando sua mãe tentar te ensinar, procure aprender, porque a vida não ensina com o mesmo amor.
23/04/2014 @ 16:11

suicidalpariah:

br—0k—3n:

paralysing-sadness:

every day

If you’re reading this, please don’t kill yourself. I love you & I care.

suicidalpariah:

br—0k—3n:

paralysing-sadness:

every day

If you’re reading this, please don’t kill yourself. I love you & I care.

23/04/2014 @ 16:00

23/04/2014 @ 15:58

23/04/2014 @ 15:58

I’m a loser, and that’s all.
23/04/2014 @ 15:56

I wish I could love myself as I really am. Why is it so difficult?
23/04/2014 @ 15:53

I’m a mess
23/04/2014 @ 15:48

22/04/2014 @ 12:24

13/04/2014 @ 18:06

lonelyyness:

†

lonelyyness:

11/04/2014 @ 19:59


Nem palhaço de circo é feliz o tempo todo, porque é que eu tenho que ser?
Thiara Macedo.   (via viva-a-liber-dade)
11/04/2014 @ 19:58


Se pudessem me ver do jeito que eu me vejo, se pudessem viver nos meus pensamentos, será que alguém, qualquer pessoa, me amaria?
O Teorema Katherine.   (via c-onjugar)
11/04/2014 @ 19:57

imissyousofuckingultramuch:

 

imissyousofuckingultramuch:

 

11/04/2014 @ 19:56

11/04/2014 @ 19:43

11/04/2014 @ 19:42


1 2 3 4 5 »

Veludo Vermelho

"Quem sou eu?? Quando não temos nada de prático nos atazanando a vida, a preocupação passa a ser existencial. Pouco importa de onde viemos e para onde vamos, mas quem somos é crucial descobrir.
A gente é o que a gente gosta. A gente é nossa comida preferida, os filmes que a gente curte, os amigos que escolhemos, as roupas que a gente veste, a estação do ano preferida, nosso esporte, as cidades que nos encantam. Você não está fazendo nada agora? Eu idem. Vamos listar quem a gente é: você daí e eu daqui." (Martha Medeiros)
Home Ask Submit Arquivo Theme
Layout por:
silenciar